Coronavírus: Brasil acorda para efeitos do vírus e percebe que epidemia é inevitável

Foto: Reprodução / Secretaria de Educação.

Na esteira do efeito coronavírus universidades federais param por 14 dias em Curitiba. Particulares também paralisam.

Curitiba e o Paraná ainda não registraram nenhum caso de coronavírus com transmissão comunitária, ou seja, que não é importado. Até agora, o Paraná tem sete casos – cinco em Curitiba – e todos de pessoas que vieram do exterior. Especialistas em saúde pública vêm apontando as melhores alternativas a fim de evitar maiores prejuízos à população e dão conta que a melhor alternativa é evitar a aglomeração de pessoas antes da disseminação massiva das contaminações.

Em reunião na manhã de domingo (15), representantes da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) confirmaram que vão suspender todas as aulas a partir desta segunda-feira (16). A suspensão vale por duas semanas. As universidades particulares de Curitiba que também participaram da reunião (PUCPR e Positivo) ainda vão reavaliar. Até ontem a decisão era manter as atividades.

Também presentes à reunião, representantes das secretarias de Saúde do Município e do Estado. Ainda que não recomende a suspensão de aulas, as secretarias enfatizam que respeitam a autonomia das universidades, e ainda, que a recomendação pode ser alterada a qualquer momento, a depender da evolução da epidemia no estado e no município. De acordo com a SMS e a Sesa, a suspensão das aulas será recomendada quando houver evidências de transmissão comunitária.

Uma das orientações diz respeito ao afastamento imediato de todos os servidores, funcionários e alunos, com mais de 60 anos, e/ou com co-morbidades (diabetes, hipertensão, doenças pulmonares), considerados como parte do grupo de risco da nova epidemia.

Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), Universidade Tuiuti e Universidade Positivo (UP) decidem suspender as aulas presenciais por causa do coronavírus.  A decisão acompanha a determinação da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) anunciada neste final de semana.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *