Vacina contra o sarampo estará disponível no Senac e Sesc, dias 4 e 5 de março respectivamente

Reunião realizada dia 02/03, nas dependências da 1ª Regional de Saúde/Paranaguá, para alinhar as estratégias de ações da campanha de vacinação contra o sarampo. – Foto: Jailson R, M. Gonsalves – Tec. Relações com o Mercado/SENAC; Priscila Rubio – Tec. Educação Profissional e Tecnológica/SENAC; Katiane Arndt – Técnica em Educação e Saúde/SESC; Joel Viana Rabelo Junior – Gerente SESC; Agnaldo Camilo Monteiro – Gerente Executivo SENAC; Leovaldo Bonfim Pinto – Chefe Div. Vigilância e Saúde; Andressa Gomes de Mora – Enfermeira da Epidemiologia; Vaniza Barboza Zague – Tecnica em Enfermagem; Carla C. P. Neri – Enfermeira Assistência Básica; Camya C. S. Tarachuque – Chefe de Seção de Atenção Primária em Saúde; Jean Marcel Alibini – Coordenador da Regional de Imunização.

A Campanha de Vacinação contra o Sarampo continua até 13 de março e ações como o Dia D, campanhas de conscientização, entre outras, têm ocorrido para alertar à população sobre a importância de se vacinar contra a doença.

Em uma união de forças entre Governo do Estado, Secretaria Municipal de Saúde, Senac e Sesc, será realizada vacinação contra o sarampo na unidade do SENAC em Paranaguá no dia 4 de março e dia 5, na unidade do SESC. A iniciativa foi decidida em reunião na 1.ª Regional de Saúde para alinhar as estratégias de ações da campanha de vacinação contra o sarampo.

Esta etapa dá sequência a outras duas mobilizações realizadas em 2019, que tiveram como público-alvo crianças acima dos seis meses a menores de cinco anos no mês de outubro e em adultos dos 20 aos 29 anos em novembro. Desta vez, a vacinação foi estendida para pessoas de até 59 anos. Nos grupos com faixa etária de cinco a 19 anos e de 30 a 59 anos, a vacinação será de acordo com o histórico vacinal. Já pessoas com 20 a 29 anos, a aplicação da vacina ocorrerá independente do histórico vacinal. O sarampo voltou a se instalar no Paraná depois de 20 anos sem incidência da doença após a baixa da cobertura vacinal.

Participaram da reunião membros do Senac e do Sesc, da Secretaria Municipal de Saúde e da 1.ª Regional de Saúde, além de outros profissionais.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *