Sobe número de famílias que não conseguem pagar as dívidas

Foto: Reprodução.

Dados da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC), elaborada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e divulgada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio-PR), mostram que 90,9% dos paranaenses possuíam algum tipo de dívida em setembro (financiamentos, compras a crédito, boletos, entre outros). O porcentual permanece nesse patamar desde junho.

Já a quantidade de famílias que não conseguem mais pagar suas dívidas subiu um ponto porcentual entre agosto e setembro. Agora são 11% das famílias com dívidas e sem condições de pagá-las. Ainda a parcela de endividados com contas em atraso vem aumentando gradativamente e no último quadrimestre cresceu 2,32 pontos porcentuais chegando a 30,8% em setembro, maior deste ano.

A inadimplência, que é o atraso no pagamento superior a 90 dias, atingia 46,1% dos paranaenses com contas em atraso. O cartão de crédito foi o principal tipo de dívida apontado, com 75,0%, seguido pelo financiamento imobiliário (8,4%) e pelo financiamento de veículo (8,0%).

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *